30 de mai de 2012

Totalitarismo e Nazismo

O que são regimes totalitários?
   São regimes políticos caracterizados pela presença marcante do líder, que controla o Estado formando um aparato ideológico que é progressivamente inculcado na população, através de diversos mecanismos, como a educação, as festas cívicas, mídia, a propaganda, polícia, dentre outros. 

   A propaganda em especial foi responsável pelo convencimento: ela uniu o povo em torno da figura do líder, definiu o inimigo comum, enfim todos os planos de Estado passavam por ela, que convencia a população da importância e do comprometimento em servir a pátria.
  
 Na Alemanha Nazista, o Ministro da Propaganda de Hitler era Josef Goebbels. Responsável pela ascensão do Führer em 1932 ao cargo de chanceler, direcionou a política expansionista e as práticas que originaram o Holocausto. 

    
Exemplos do uso da Propaganda Nazista:


Os valores Nazistas eram inculcados nos jovens alemães. Foto de um comício de Hitler à Juventude Hitlerista.

A propaganda de 1943 insufla a população contra o inimigo judeu, ele é o culpado. Os braços alemães farão justiça com as próprias mãos contra o rosto debochado do vilão.




Propaganda que usa uma metáfora, relacionando os judeus à parasitas. Eles sugam as riquezas, são vermes que deveriam ser exterminados. 




Os desfiles militares, os comícios e os estandartes com a Suástica. Os alemães unindo os povos arianos.



Arthur Szyk famoso cartunista judeu (polonês) que se refugiou nos Estados Unidos e denunciou os crimes cometidos pelos Nazistas. 

   Atualmente, o termo totalitário é carregado de sentido pejorativo. Nos referimos a ele para caracterizar governos autoritários e ditatoriais, que controlavam a opinião pública, perseguiam minorias e adversários políticos. 
   No entanto, nas primeiras décadas do século XX, o termo totalitário foi usado como sinônimo de governo forte, responsável pela estabilidade política, econômica e ideológica. O final da Primeira Guerra e posteriormente a Crise de 1929, foram tempos difíceis, de grande desemprego, dificuldades econômicas que resultaram na ascensão de partidos totalitários como o Fascismo (Itália), Nazismo (Alemanha), Salazarismo (Portugal) e Franquismo (Espanha).
       Nos regimes totalitários, o discurso democrático é colocado em xeque, visto que a liberdade de expressão levaria a dispersão e o enfraquecimento da ideologia defendida pelo Estado.

Bons estudos,
professor Rafael

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...