26 de abr de 2012

Guerra da Reconquista e a Formação de Portugal

Aula power point no final.
      Nas últimas aulas estudamos a formação do islamismo. Após a morte de Maomé, seguindo os preceitos do Jihad  os islâmicos expandiram seu território, conforme podemos observar no mapa:

A expansão dos muçulmanos, século VIII, acompanhe as setas (expansão) e
as áreas dominadas.

    Os povos islâmicos, partiram da península arábica (Meca e Medina) e dominaram parte da Ásia, África e Europa. No continente europeu dominaram a Península Ibérica, atual território de Portugal e Espanha, sendo barrados por Carlos Martel e seu exercito em 732, na batalha conhecida por Poitiers (ou Batalha de Tours), no território francês.

Os muçulmanos foram vencidos por Carlos Martel,
rei dos Francos em 732 na Batalha de Poitiers,
 barrando a entrada dos muçulmanos na Europa.

O heroico Carlos Martel, com seu martelo de guerra,
 representa a união dos europeus contra a
chegada dos invasores muçulmanos.

     A guerra da reconquista foi uma luta de cristão contra mulçumanos. Ou seja, os cristãos tentaram expulsar os mulçumanos de seu território.
Os Árabes (muçulmanos) forçaram os cristãos
 posicionarem-se ao norte da Península Ibérica.

As setas em azul representam a luta para reconquistar
 o território dominado pelos muçulmanos.

 Essa guerra é considerada pelos historiadores a mais longa da História,  iniciou no século VIII e terminou somente no XV, quando os muçulmanos foram expulsos definitivamente da Península Ibérica.

     No decorrer da Guerra da Reconquista surgiu o condado Portucalense, que daria origem ao reino de Portugal. Vamos estudar como isso aconteceu.

Henrique de Borgonha (1066-1112) lutou ao lado de Afonso VI,  rei de Leão e Castela, para reconquistar o reino da Galiza. Como recompensa recebeu em 1096 o condado portucalense, tornando-se assim seu vassalo. 

A História de Portugal inicia-se com o
 recebimento do Condado Portucalense
 por  Henrique de Borgonha em 1096. 

Após sua morte em 1112, seu único filho vivo, D. Afonso Henriques, assume o governo do Condado Portucalense. Em 1139, rompe com sua condição de vassalo do rei de Leão e Castela, tornando-se o primeiro rei de Portugal.



O reino de Portugal tem como primeiro rei D. Afonso Henriques,
que em  1139 rompe com seu suserano o Rei de Leão e Castela. 

O reino de Leão e Castela reconhece a independência em 1143 e o papa em 1179. Anos mais tarde, o pequeno rei de Portugal dominaria grande parte da América, mas isso já é assunto para uma próxima aula.

 Para aprofundar os estudos assistam a aula em ppt (slides)
Bons estudos,
Professor Rafael.




Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...